Política / Transparência

Campo Grande recebe R$ 7,7 milhões do governo federal para combate à pandemia de Covid

Recurso faz parte dos R$ 9,1 bilhões liberados no Brasil

Mayara Bueno Publicado em 05/10/2021, às 09h19 - Atualizado às 09h35

Verba do Ministério da Saúde vai para ações da emergência em saúde pública
Verba do Ministério da Saúde vai para ações da emergência em saúde pública - (Foto: Saul Schramm, Governo do Estado, Arquivo)

A Prefeitura de Campo Grande recebeu, segundo divulgado no Diário Oficial desta terça-feira (5), R$ 7.776.000,00 do SUS (Sistema Único de Saúde). O recurso faz parte de medida provisória do governo federal, editada em agosto de 2021, com previsão de repasses para o Ministério da Saúde com destino a cidades e estados.

Outros R$ 135.913,80 são mencionados no Diário Oficial como verbas vindas do Ministério. São três parcelas de R$ 45.304,60 para 'incentivo financeiro' para 'execução de ações de vigilância sanitária'. Os repasses são administrados, a partir de agora, pelo FMS (Fundo Municipal de Saúde) da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde).

No total, a medida provisória liberou R$ 9,1 bilhões para o combate à pandemia de coronavírus, no Brasil. O dinheiro foi dividido entre o FNS (Fundo Nacional de Saúd) — entidade que mandou a verba para Campo Grande —, Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) e o Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Porto Alegre (RS). O texto foi publicado em 10 de agosto no Diário Oficial da União.

Jornal Midiamax