Política / Transparência

Associação de moradores pede investigação após recapeamento de ruas não previstas em licitação

Foi instaurado inquérito civil para apurar o ocorrido

Renan Nucci Publicado em 04/08/2021, às 07h26

Foto mostra rua localizada no bairro Portal do Parque, em Nova Andradina
Foto mostra rua localizada no bairro Portal do Parque, em Nova Andradina - Divulgação/Assessoria

Representação feita por associação de moradores aponta suposta irregularidade na licitação de ruas do bairro Portal do Parque, em Nova Andradina, município distante 297 quilômetros de Campo Grande. O MPMS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) instaurou inquérito civil para os fatos.

De acordo com o MPMS, a associação noticiou a modificação do objeto da licitação durante execução do contrato firmado na ordem de R$ 894.926,08. O projeto previa recapeamento das principais ruas que ligam o bairro ao restante da cidade, todavia, a empresa contratada recapeou outras ruas que não estavam previstas, em detrimento das principais.

Por este motivo, a 1ª Promotoria de Justiça do MPMS, da Comarca de Nova Andradina, abriu procedimento investigatório para apurar eventuais irregularidades. O promotor responsável determinou a realização de diligências investigativas e aguarda cumprimento para a análise, deliberação e conclusão.

Jornal Midiamax