Saúde de MS repassa R$ 10,5 milhões para municípios combaterem novo coronavírus

A SES-MS (Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul) repassou R$ 10,5 milhões para alguns municípios aplicarem em ações para minimizar o avanço da pandemia de Covid-19 (doença causada pelo novo coronavírus). A resolução foi publicada na edição desta quarta-feira (16) do DOE (Diário Oficial Eletrônico). Os recursos fazem parte de um […]
| 16/12/2020
- 13:23
Saúde de MS repassa R$ 10,5 milhões para municípios combaterem novo coronavírus
(Foto: Arquivo, Subcom-MS) - (Foto: Arquivo, Subcom-MS)

A SES-MS (Secretaria de Estado de Saúde de ) repassou R$ 10,5 milhões para alguns municípios aplicarem em ações para minimizar o avanço da de Covid-19 (doença causada pelo novo coronavírus). A resolução foi publicada na edição desta quarta-feira (16) do DOE (Diário Oficial Eletrônico).

Os recursos fazem parte de um pacote de R$ 27,7 milhões anunciado pelo Governo do Estado ontem, terça-feira (15). A maior fatia deve ficar com hospitais de Campo Grande.

Desse montante de R$ 10,5 milhões, R$ 3,8 milhões vão para três macrorregiões. Dourados ficará com R$ 1,5 milhão, Três Lagoas terá R$ 1 milhão e receberá R$ 1,3 milhão.

Em Campo Grande, R$ 2 milhões serão divididos entre o Hospital Adventista do Pênfigo, Clínica Campo Grande, Hospital Proncor e Hospital Geral El Kadri. 

E R$ 3,5 milhões serão divididos entre as microrregiões de Aquidauana, Coxim, Jardim, Nova Andradina, Naviraí, Ponta Porã e Paranaíba. Cada uma delas vai receber R$ 500 mil

Socorro

O Governo do Estado anunciou socorro de R$ 27,7 milhões para ações contra o novo coronavírus (SARS-CoV-2). A maior fatia será destinada a Santa Casa, com R$ 11 milhões e R$ 6 milhões para o Hospital do Câncer de Campo Grande. 

O objetivo é desafogar leitos ocupados por pacientes com outras enfermidades nas unidades de saúde que tratam infectados pelo SARS-CoV-2, além do custeio das ações de emergência por conta da pandemia. 

Os recursos são destinados ao custeio de ações e serviços de saúde para o enfrentamento da Covid-19, podendo abranger a atenção primária e especializada, a vigilância em saúde, a assistência farmacêutica, a aquisição de suprimentos, insumos e produtos hospitalares, e o custeio de procedimentos voltados ao tratamento de infecção pela doença.

Veja também

Prefeitura de Sonora divulgou o resultado na Assomasul

Últimas notícias