Política / Transparência

Prefeitura deve pagar R$ 21 milhões em equipamentos para combate ao coronavírus

Para aumentar as formas de combate ao coronavírus, a Prefeitura de Campo Grande abriu licitação para aquisição de equipamentos médicos.

Dândara Genelhú Publicado em 13/07/2020, às 15h48 - Atualizado em 14/07/2020, às 16h37

Foto: (Divulgação)
Foto: (Divulgação) - Foto: (Divulgação)

Para aumentar as formas de combate a pandemia do coronavírus, a Prefeitura de Campo Grande abriu licitação para aquisição de equipamentos médicos. De acordo com o edital, a gestão está disposta a pagar até R$ 21.241.761,15 nas compras dos materiais.

O processo licitatório foi publicado nesta segunda-feira (13). De acordo com o edital, disponível no Portal da Transparência do Município, é prevista a aquisição de 500 equipamentos para auxílio no enfrentamento a pandemia.

Entre os materiais, estão listados: 15 desfibriladores; 15 carros de emergência, tipo de estrutura móvel com gavetas de medicamentos e equipamentos; 30 kits de oxigênio, 15 eletrocardiógrafos, 20 focos cirúrgicos, 100 monitores cardíacos, 15 negatoscópios, aparelho que possibilita visualização de raio-x; 30 suportes; 15 termômetros infravermelho; e 120 ventiladores mecânicos. Assim, as propostas serão recebidas até 20 de julho.

Coronavírus em Campo Grande – Até esta segunda-feira (13), Campo Grande possuía 4.640 casos de coronavírus confirmados. De acordo com dados da SES (Secretaria de Estado de Saúde), a Capital é a cidade com maior número de infectados do MS. Devido ao avanço da doença, 70% dos leitos do município já estão ocupados.

Jornal Midiamax