Ex-vereador, pecuarista que recebeu auxílio emergencial devolve dinheiro ao governo

Na sexta-feira, João Vital Meleiro, que também é ex-vereador em Anastácio declarou estar surpreso por estar na lista do auxílio emergencial.
| 22/06/2020
- 18:53
Ex-vereador, pecuarista que recebeu auxílio emergencial devolve dinheiro ao governo
Pecuarista comprovou a devolução de duas parcelas do auxílio emergencial. (Imagem: Reprodução) - Pecuarista comprovou a devolução de duas parcelas do auxílio emergencial. (Imagem: Reproduçã

O pecuarista e ex-vereador de Anastácio, João Vital Meleiro, efetuou nesta segunda-feira (22) a devolução das duas parcelas do auxílio emergencial de R$ 600 recebidas irregularmente.

Ao Jornal Midiamax, Meleiro se disse surpreso ao verificar que seu nome estava na relação dos beneficiários do programa do . “Eu não preciso desse dinheiro. Se realmente eu precisasse, mas não, sou pecuarista, tenho minhas coisas”, declarou”.

Conforme prometido na sexta-feira (19), o pecuarista devolveu o dinheiro, que retornará aos cofres públicos. “Na segunda-feira vou ao banco ver se caiu [o auxílio] na conta. Se caiu eu vou devolver, se não vou constituir um advogado para adotar as providências”, declarou.

Lista de nomes

Desde semana passada, o Jornal Midiamax passou a divulgar os beneficiários do auxílio emergencial de R$ 600 em todas as cidades de . O objetivo é, com base nos dados de transparência pública, incentivar o controle social – a participação ativa da população no combate à corrupção com denúncias sobre suspeitas e fraude no auxílio emergencial.

Dessa forma, a listagem completa do seu município está disponível nas últimas notícias do Midiamax ou pela busca no Google por ‘quem recebeu em minha cidade, Midiamax?‘.

Midiamax incentiva o Controle Social

Jornal Midiamax incentiva em Mato Grosso do Sul o ‘controle social’, que é a participação ativa da população no combate à corrupção com denúncias sobre suspeitas e fraudes no pagamento do Auxílio Emergencial.

Assim, no Portal da Transparência, você pode comunicar oficialmente ao Ministério da Cidadania com a ferramenta Fala.BR. Ou pode ainda indicar se alguém recebe um benefício indevidamente pelo link “Fique de Olho!”.

Achou suspeito? Avise os jornalistas do Midiamax:

No entanto, se quiser informar ao Midiamax sua suspeita, tenha certeza de que nossos jornalistas vão levantar os dados e levar às autoridades responsáveis com o máximo de responsabilidade e garantindo seu sigilo, que é protegido por lei.

Veja também

Pró-Cidades destinou mais de R$ 83 milhões para obras no Porto Geral de Corumbá, que terão mais R$ 4,3 milhões do município

Últimas notícias