Política / Transparência

MP investiga pagamentos de até R$ 14 mil em diárias a servidores e secretária

Denúncia anônima levou à abertura de inquérito civil para apurar pagamentos de até R$ 14 mil em diárias a servidores da prefeitura de Bodoquena, município que fica a 265 quilômetros de Campo Grande. O caso chegou ao conhecimento do MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) em agosto do ano passado. Conforme a notícia […]

Danúbia Burema Publicado em 20/01/2020, às 17h39 - Atualizado em 21/01/2020, às 10h09

MPMS (Divulgação)
MPMS (Divulgação) - MPMS (Divulgação)

Denúncia anônima levou à abertura de inquérito civil para apurar pagamentos de até R$ 14 mil em diárias a servidores da prefeitura de Bodoquena, município que fica a 265 quilômetros de Campo Grande.

O caso chegou ao conhecimento do MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) em agosto do ano passado. Conforme a notícia de fato de n.º 01.2019.00009229-8, pelo menos seis servidores receberam valor elevado. Destes, cinco foram relacionados para abertura de investigação – sendo um deles uma secretária e outro chefe de gabinete do município.

No diário oficial desta segunda-feira (20), o Ministério Público oficializou a abertura de inquérito sobre o caso. Os trabalhos serão conduzidos pela promotora de Justiça Talita Zoccolaro Papa Muritiba, da Promotoria de Miranda.

Segundo dados do Portal da Transparência do município, os salários dos funcionários mencionados vão de R$ 4,4 mil a R$ 6,7 mil. 

O prefeito de Bodoquena Kazuto Horii (PSDB) explicou ao Jornal Midiamax que no Portal da Transparência da prefeitura, o valor disponibilizado é apenas uma previsão para o mês. “Não significa que o servidor vai usar tudo aquilo em uma viagem”.

Ele ainda exemplificou. “No dia 1º do mês, aparece no Portal da Transparência um valor de R$ 1 mil, mas se o secretário não viajar, o valor fica lá, até acabar. Enquanto tiver saldo vai usando. Eu não pago R$ 5 mil de diária para servidor”.

*Matéria editada às 10h10 de 21 de janeiro para acréscimo de informação

Jornal Midiamax