Política / Transparência

Lista da dívida ativa de Dourados tem ex-deputados, vereador e até ex-prefeito

Na extensa lista dos contribuintes que estão na dívida ativa do IPTU (Imposto Predial, Territorial e Urbano) divulgada pela Prefeitura de Dourados na edição do Diário Oficial de segunda-feira (20) constam nomes conhecidos no cenário político local. Alguns dos inadimplentes que estão sendo notificados pela Prefeitura já exerceram mandatos de deputado federal, vereador e até […]

Marcos Morandi Publicado em 21/01/2020, às 11h20 - Atualizado em 23/01/2020, às 08h49

Foto: Divulgação.
Foto: Divulgação. - Foto: Divulgação.

Na extensa lista dos contribuintes que estão na dívida ativa do IPTU (Imposto Predial, Territorial e Urbano) divulgada pela Prefeitura de Dourados na edição do Diário Oficial de segunda-feira (20) constam nomes conhecidos no cenário político local.

Alguns dos inadimplentes que estão sendo notificados pela Prefeitura já exerceram mandatos de deputado federal, vereador e até mesmo de prefeito municipal, como George Takimoto, Geraldo Resende e Braz Melo. As dívidas estão sendo cobradas pelo Departamento de Lançamento e Arrecadação de Tributos e correspondem aos anos de 2016, 2017 e 21018.

Segundo o edital de notificação número 03/2020, os contribuintes terão um prazo de até 20 dias para procurarem o Departamento de Lançamento e Arrecadação de Tributos da Prefeitura. Caso isso não aconteça, eles correm o risco de serem cobrados judicialmente via ação de execução fiscal.

Com 60 páginas ocupadas exclusivamente para notificar contribuintes que podem estar “em lugar incerto e desconhecido, ou, por não terem sido encontrados no endereço declarado”, o Diário Oficial do Município também notifica alguns empresários e também algumas  igrejas evangélicas.

Jornal Midiamax