Política / Transparência

Vereadores de Dourados aprovam orçamento bilionário da Prefeitura para 2020

Os vereadores de Dourados  aprovaram nesta segunda-feira (16) , na última sessão ordinária do ano, o orçamento de R$ 1.110 bilhão para o município em 2020. A proposta encaminhada pela prefeita Délia Razuk em outubro recebeu ao todo mais de 100 emendas, entre as indicativas e  modificativas,  durante o processo de tramitação na Câmara de […]

Marcos Morandi Publicado em 17/12/2019, às 07h10 - Atualizado às 13h28

Maior parte do orçamento será destinada à saúde, educação e pagamento de pessoal. (Foto: Divulgação)
Maior parte do orçamento será destinada à saúde, educação e pagamento de pessoal. (Foto: Divulgação) - Maior parte do orçamento será destinada à saúde, educação e pagamento de pessoal. (Foto: Divulgação)

Os vereadores de Dourados  aprovaram nesta segunda-feira (16) , na última sessão ordinária do ano, o orçamento de R$ 1.110 bilhão para o município em 2020. A proposta encaminhada pela prefeita Délia Razuk em outubro recebeu ao todo mais de 100 emendas, entre as indicativas e  modificativas,  durante o processo de tramitação na Câmara de Vereadores.

Segundo o presidente da Câmara, Alan Guedes, o projeto de lei orçamentária passou por um longo e transparente processo de discussão que teve início com uma audiência pública onde a secretaria de Fazenda detalhou a destinação dos recursos para cada secretaria e também para  o legislativo, que corresponde ao repasse do duodécimo.

Guedes explicou que  a diferença de  algo  em torno de 9% de incremento na expectativa de receita para o ano que vem atende aos índices oficiais. “No momento em que a secretária de Fazenda elabora a peça orçamentária, ela não tem como ficar alheia a esses índices que já são pré-estabelecidos e que precisam ser devidamente ajustados”.

No entendimento do secretário de Fazenda, Carlos Dobes Vieiraque acompanhou de perto as movimentações do projeto de lei orçamentária e que também estava presente  nesta terceira e última votação, a maior parte dos investimentos previstos na proposta, atende basicamente as áreas de saúde, educação e pagamento de pessoal.

“É um orçamento que com certeza está mais ajustado para a realidade do nosso município e também está mais alinhado com a expectativa de crescimento do País, considerando algumas ações do Governo Federal e também do Estado de aumento de repasses e que devem refletir num aumento de recursos para nossa cidade ”, ressaltou o secretário de Fazenda.

Jornal Midiamax