Política / Transparência

PF designa novo substituto para Delegacia de Combate ao Crime Organizado de MS

.

Joaquim Padilha Publicado em 27/03/2018, às 13h01

None

.

O diretor-Geral da Polícia Federal, Rogério Galloro, assinou uma portaria na última sexta-feira (23) designando um novo substituto eventual para a Delegacia Regional de Investigação e Combate ao Crime Organizado.

O delegado da Polícia Federal Fabricio Martins Rocha foi designado para o encargo. Ele já atuou como chefe da Delegacia de Repressão a Entorpecentes, da Polícia Federal de Mato Grosso do Sul.

Martins Rocha poderá substituir eventualmente, quando necessário, o delegado Luciano Menin, que assumiu o comando do setor no início de fevereiro. Menin já integrou equipes da Operação Lava Jato por duas vezes.

A designação do substituto eventual ocorre semanas após a nomeação do novo superintendente da Polícia Federal de Mato Grosso do Sul, Luciano Flores.PF designa novo substituto para Delegacia de Combate ao Crime Organizado de MS

Flores foi o responsável pela troca na direção da Delegacia Regional de Investigação e Combate ao Crime Organizado, logo quando foi nomeado. No lugar de Menin, atuava no posto o delegado Cleo Mazzotti.

A portaria do diretor-geral da Polícia Federal, que designou Martins Flores como substituto eventual, foi publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (27). (Editado para correção de informações)

Jornal Midiamax