Governo e Prefeitura de Campo Grande negociam mais R$ 7 milhões para tapa-buraco

O Governo do Estado e a Prefeitura de Campo Grande estão em negociação para firmarem uma nova parceria para tapar os buracos da cidade. De acordo com o prefeito Marquinhos Trad (PSD), o novo convênio pode garantir mais R$ 7 milhões para o município. “Para o novo convênio de tapa-buraco nós tínhamos conversado e talvez […]
| 23/05/2018
- 15:26
Governo e Prefeitura de Campo Grande negociam mais R$ 7 milhões para tapa-buraco

O Governo do Estado e a estão em negociação para firmarem uma nova parceria para tapar os buracos da cidade. De acordo com o prefeito Marquinhos Trad (PSD), o novo convênio pode garantir mais R$ 7 milhões para o município.

“Para o novo convênio de nós tínhamos conversado e talvez ele [Governo] nos ajude em torno de R$ 6 milhões a R$ 7 milhões”, revelou Marquinhos durante agenda pública nesta quarta-feira (23). “Desta vez é só para tapa-buraco”.

No início de sua gestão, o prefeito e o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) fizeram parceria com R$ 20 milhões de investimentos para tapar os buracos que tomam conta das ruas da Capital de forma crônica. O Estado aportou R$ 10 milhões e o Governo o restante. O acordo também previa R$ 30 milhões para recapeamento, também dividido meio a meio.

Atualmente, quatro empreiteiras são responsáveis por tapar as ruas de Campo Grande, em contratos que somavam R$ 34,2 milhões no total, assinados em dezembro de 2017.

Após cinco meses da assinatura, a Prefeitura já aditivou os contratos em mais R$ 3,2 milhões.

Sobre a nova verba do Governo que pode chegar, Marquinhos questionou-se que pode parecer pouco, mas “para quem não tem nada é muito”, concluiu.

Veja também

Ministério Público investigava irregularidades desde 2011, mas só sete anos depois, surgiram primeiros resultados

Últimas notícias