Política / Transparência

Governo de MS lança Ouvidoria-Geral e espera mais diálogo com população

Novo canal será informatizado

Ludyney Moura Publicado em 20/03/2018, às 13h03

None

Novo canal será informatizado

O governo estadual lançou nesta terça-feira (20), no auditório do Sebrae-MS, sua Ouvidoria-Geral, que será vinculado à CGE (Controladoria-Geral do Estado) e será todo informatizado.

Durante o evento, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) afirmou que o novo canal deve aproximar a população das ações do governo. O tucano explicou que o Estado terá até 20 dias para responder a demanda recebida pela Ouvidoria.

Um exemplo, dado por Reinaldo, é um questionamento feito por um cidadão por uma estrada interditada em razão das chuvas. A Seinfra (Secretaria de Estado de Infraestrutura) tem no máximo 20 dias para responder com a solução do problema apontado.

O titular da CGE, Carlos Eduardo Girão, explicou que as informações recebidas pela Ouvidoria ajudarão a saber quais secretarias tem mais demanda, o grau de resolução e as maiores queixas ou sugestões da população, que também serão objeto de trabalho da auditoria do Estado.

“Em posse dessas informações, a Auditoria tem como verificar demandas, solicitar levantamentos e inspeções. As sugestões poderão ser enviadas para o governador e secretarias no sentido de implementar as melhorias dos processos, além de mapear demandas por todo Estado. A Ouvidoria será o canal direto do Governo com a população, propriamente dito. Juntas na CGE, a Auditoria, Corregedoria e Ouvidoria serão três unidades singulares”, disse Girão.

Reinaldo afirmou que até o fim desta semana o governo já deve disponibilizar à população sua Ouvidoria-Geral.

Jornal Midiamax