Política / Transparência

Fundo de MS para incentivos fiscais recebe suplemento de R$ 50 milhões

Mais de 390 empresas aderiram ao Fadefe

Joaquim Padilha Publicado em 23/03/2018, às 10h58

None

Mais de 390 empresas aderiram ao Fadefe

O Fadefe (Fundo de Apoio ao Desenvolvimento Econômico e de Equilíbrio Fiscal do Estado) vai receber um suplemento de R$ 50 milhões aos seus créditos orçamentários, conforme um decreto assinado pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

O decreto abre créditos suplementares aos orçamentos de diversas pastas do governo estadual, ao mesmo tempo que cancela recursos de outros órgãos. Ao todo, R$ 72,1 milhões foram suplementados na publicação.

O Fadefe é o fundo para convalidação de incentivos fiscais concedidos a empresas pelo governo do Estado. O prazo para adesão ao Fadefe se estendeu até o fim do ano passado. Fundo de MS para incentivos fiscais recebe suplemento de R$ 50 milhões

No início de março, o Fórum Deliberativo do MS Indústria esteve reunido para análise das empresas que aderiram ao Fundo. Foram analisados os pedidos de 19 empresas que fizeram adesão ao programa.

Ao todo, 392 projetos foram inclusos no programa de repactuação de benefícios fiscais no último ano. Caso sejam aprovados, eles terão garantia de receber os incentivos fiscais por mais 15 anos.

Para aprovação da adesão ao Fundo, são analisados compromissos firmados pelas empresas nos próximos anos, em áreas como emprego, investimentos e faturamento. A expectativa do governo do Estado é gerar uma receita de R$ 120 milhões por ano com os benefícios repactuados.

Jornal Midiamax