Empresa é investigada por despejo de 67 mil litros de etanol em córrego no MS

Vazamento ocorreu após carreta tombar perto do Córrego Ritinha
| 10/05/2018
- 11:25
Empresa é investigada por despejo de 67 mil litros de etanol em córrego no MS

O MP-MS (Ministério Público Estadual) instaurou nesta quinta-feira (10) um inquérito contra uma empresa com sede em Maringá, no Paraná, por ter despejado cerca de 67 mil litros de etanol em um córrego em Cassilândia.

O despejo ocorreu no último domingo (6), quando uma carreta bitrem que carregava o combustível tombou na BR-158, no km 7 do município, segundo informações da Polícia Militar Ambiental.

Com o tombo, a tampa de um dos tanques foi afetada e houve vazamento de etanol. O combustível escorregou pelo asfalto, vazando para o Córrego Ritinha e atingindo a vegetação.

O acidente deixou o motorista do caminhão ferido, sendo socorrido ao hospital. A PMA (Polícia Militar Ambiental) foi chamada na ocasião, e multou a empresa em R$ 50 mil pelos danos ambientais.

Foram os policiais militares ambientais que protocolaram denúncia contra a empresa no Ministério Público. A empresa foi notificada a realizar a remoção do material contaminante e recuperar a área degradada, num prazo de cinco dias.

As investigações sobre o vazamento de etanol correm na 2ª Promotoria de Justiça de Cassilândia, sob responsabilidade da promotora de Justiça, Ana Carolina Lopes de Mendonça Castro.

Veja também

A norma trata das punições a agentes nos casos em que provoquem danos aos cofres públicos.

Últimas notícias