Política / Transparência

Secretário diz que não ter cumprido determinação por possível falta de estrutura

Nelson Tavares é alvo de inquérito civil

Evelin Cáceres Publicado em 07/07/2017, às 14h19

None

Nelson Tavares é alvo de inquérito civil

Secretário Estadual de Saúde, Nelson Tavares explicou via assessoria do governo do Estado nesta sexta-feira (07) que em alguns casos, demandas na pasta não são atendidas por “inexistência de hospital, clínica e até mesmo profissional habilitado para aquele tipo de procedimento”. O secretário é alvo de um inquérito civil instaurado pelo MPE-MS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) por improbidade administrativa.

A investigação visa apurar se Nelson Tavares teria descumprido ordem judicial expedida pela 4ª Vara de Fazenda Pública e de Registros Públicos do Poder Judiciário da Capital. O inquérito foi instaurado pelo titular da 31º Promotoria de Justiça do Patrimônio Público, promotor Humberto Lapa Ferri.Secretário diz que não ter cumprido determinação por possível falta de estrutura

Em nota, Tavares explicou que “em dois anos, a Secretaria Estadual de Saúde viabilizou a realização de aproximadamente 400 cirurgias ortopédicas de alta complexidade, a pacientes que não conseguiram atendimento no sistema público de saúde. Em alguns casos, a demanda não foi atendida por inexistência de hospital, clínica e até mesmo de profissional habilitado para aquele tipo de procedimento. Nesse mesmo período foram feitas cerca de 56 mil cirurgias eletivas. Em todos os casos, a Secretaria adota o mesmo procedimento: assim que o caso dá entrada no órgão, é feita busca para encontrar estabelecimento de saúde para que a cirurgia possa ser realizada”, informou.

Jornal Midiamax