Política / Transparência

Elaboração de projeto de construção de sede da PGE-MS é anulada

Licitação foi anulada pela Agesul por ausência de itens

Joaquim Padilha Publicado em 07/04/2017, às 13h04

None
pge_ms.jpg

Licitação foi anulada pela Agesul por ausência de itens

A Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) anulou a licitação que iria contratar uma empresa para elaborar o projeto executivo complementar para construção da sede da PGE-MS (Procuradoria Geral do Estado), em Campo Grande.

A licitação foi aberta em 2016 com uma cotação orçamentária máxima de até R$ 1,1 milhão, que seriam pagos a quem elaborasse os projetos executivos. Ao fim de janeiro, foi divulgada a vencedora do certame, que apresentou a proposta de preço de R$ 624 mil pela entrega dos projetos.

O escritório de arquitetura vencedor, de Edneyde Vidal Ourives Barros, tem sede em Aquidauana. A nova sede da PGE seria construída em um terreno em frente à Sefaz (Secretaria de Estado de Fazenda), na Capital.

Mesmo tendo vencido o certame, o escritório não chegou a firmar contrato com o poder público do Estado. Segundo a assessoria da Agesul, o procedimento foi anulado por falta de alguns itens no processo licitatório.

O projeto arquitetônico do prédio vem sendo elaborado pela Agesul, e depende também dos itens complementares da licitação.

A empresa ficaria responsável pela entrega de projetos complementares como estrutura elétrica, projeto de incêndio e pânico, supervisão e controle de edificação, planejamento do canteiro de obra, quantificação e orçamento da obra.

A anulação da licitação foi publicada no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (7). Um novo edital da licitaçaõ deve ser lançado na próxima semana.

(com supervisão de Evelin Cáceres)

Jornal Midiamax