Política / Transparência

Secretaria Municipal de Segurança Pública instaura 46 sindicâncias internas

Comissões irão apurar suspeitas de irregularidades 

Joaquim Padilha Publicado em 13/09/2016, às 14h51

None
noleto.jpg

Comissões irão apurar suspeitas de irregularidades 

O secretário Municipal de Segurança Pública em exercício, Tenente Coronel Marcos Hobel Escanaichi, que também é ex-comandante-Geral da Guarda Municipal, autorizou nesta segunda-feira (12) a instauração de 46 comissões sindicâncias para apurar possíveis irregularidades cometidas por servidores da Secretaria.

As resoluções que instauraram as sindicâncias foram todas publicadas no Diário Oficial de Campo Grande. Segundo as publicações, os servidores indicados para atuar nas comissões sindicantes terão um prazo de 30 dias para concluir os trabalhos, que pode ser prorrogado por igual tempo.

Não foram informados quais são os processos investigados nas comissões. No início de agosto, outras 32 sindicâncias foram instauradas pelo secretário Municipal de segurança Pública, Major Luidson Noleto. Todos os 46 despachos foram assinados na última quinta-feira (8).

Jornal Midiamax