Política / Transparência

Governo do Estado oficializa repasse de R$ 1,2 milhões para Hospital de Câncer

A doação foi confirmada duas semanas depois de vinda do ministro

Kemila Pellin Publicado em 21/01/2016, às 15h45

None
img-20150112-wa0099.jpg

A doação foi confirmada duas semanas depois de vinda do ministro

Duas semanas após anunciar o repasse de R$ 1,2 milhões para o Hospital de Câncer Doutor Alfredo Abrão, em Campo Grande, o governo do Estado oficializou a doação por meio de publicação no DOE (Diário Oficial do Estado) desta quinta-feira (21). A verba deve ser aplicada na reforma e adequação do subsolo e do térreo do novo prédio, mantido pela Fundação Carmem Prudente.

Conforme a publicação, o convênio para adequação do prédio terá duração de 12 meses, contados a partir da data de assinatura.

O Estado também doou um aparelho acelerador linear de partículas, nome técnico para a máquina que faz radioterapia, no próprio HC, já que a atual está com vários anos de uso e é considerada obsoleta. Ainda não está claro se o novo aparelho vai substituir o antigo ou se os dois vão operar juntos.

Em 2013 o hospital foi pivô de um escândalo envolvendo a Operação Sangue Frio, que investigou irregularidades no Hospital do Câncer, que incluíam desvio de verbas e manobras para beneficiar clínicas particulares de radioterapia. As investigações resultaram em ações que correm na Justiça.

Em janeiro de 2015 o governo do estado retomou a obra. “Com o início das obras do subsolo e térreo através de um convênio inicial de R$ 1,2 milhões vamos concluir a construção do hospital”, disse Reinaldo na época. Na oportunidade, o governador ainda anunciou novo convênio com a instituição,  com valor ainda a ser definido, para concluir novos pavimentos do prédio.

O prédio atual do Hospital de Câncer Alfredo Abrãao disponibiliza oito consultórios de Oncologia e 48 leitos para a assistência dos pacientes, além dos serviços de Quimioterapia e Radioterapia. Com a conclusão do novo prédio, serão 248 leitos e 16 consultórios distribuídos, além de outras instalações – uma nova Quimioteca e Brinquedoteca para crianças com câncer, refeitório e sala de estudos.

Jornal Midiamax