Política / Transparência

Detran-MS faz contrato emergencial de R$ 7,4 milhões para emissão de documentos

Empresa já havia ganhado contrato de R$ 4,9 milhões

Evelin Cáceres Publicado em 26/09/2016, às 16h16

None
vistoria-detran-ms-reinaldo-azambuja.jpg

Empresa já havia ganhado contrato de R$ 4,9 milhões

O Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) publicou no diário oficial do Estado desta segunda-feira (26) um contrato emergencial de R$ 7,4 milhões coma empresa Pirâmide Central Informática Ltda para registro de documentos. O Detran já havia dispensado licitação para contratação de R$ 4,9 milhões com a mesma empresa no início do mês.

O extrato do contrato informa que o objetivo da contratação e a prestação de serviços especializados de “implantação, manutenção e operação do sistema de registro de documentos do Detran”.

Assinam pela contratação Gerson Claro Dino, José do Patrocínio Filho e Anderson da Silva Campos.

De acordo com a assessoria, o novo contrato é referente a necessidade urgente da manutenção do registro. Confira a nota na íntegra:

“O motivo da contratação da empresa Pirâmide Central Informática LTDA, foi em razão da rescisão do contrato existente com a empresa Consórcio REG-DOC, e a necessidade urgente da manutenção do registro de contrato conforme Resolução 320 de 05/06/2009 do Contran.

O valor do contrato que antes era de R$133,90 (cento e trinta e três reais e noventa centavos) por documento, passa a ser no contrato emergencial de R$103,00 (centro e três reais) por documento.

Já o valor de R$ 4.944.000,00 é o valor estimado para o ano de 2016, pois depende do número de contratos. Sendo que o restante do montante será executado no ano de 2017. Viso que, o contrato é em caráter emergencial de 180 dias”. 

Jornal Midiamax