Política / Transparência

Governo prorroga por mais 6 meses contrato de R$ 3,4 milhões com Ruy Ohtake

Obra do Aquário do Pantanal ultrapassa os R$ 230 milhões

Evelin Cáceres Publicado em 02/07/2015, às 13h03

None
aquario_diogo.jpg

Obra do Aquário do Pantanal ultrapassa os R$ 230 milhões

Por mais seis meses, o escritório Ruy Ohtake Arquitetura e Urbanismo deverá prestar serviço de assistência técnico-científica à construção do Aquário do Pantanal, conforme publicado no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (2).

Somente com o arquiteto, o governo já tem R$ 3.444.682,91 em contratos. O inicial, de R$ 2.758.383,88 foi iniciado em abril do ano passado, com previsão de término em janeiro deste ano.

Porém, Edson Giroto, responsável pelo ordenamento de despesas à época, prorrogou o contrato em dezembro por mais 180 dias (seis meses), por R$ 686.299,03. O aditamento do secretário de André Puccinelli foi feito 13 dias antes de ambos deixarem o governo.

Agora, o secretário da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) Ednei Marcelo Miglioli prorrogou o contrato por mais 199 dias (até 31 de dezembro deste ano), sem divulgar o valor pela ampliação do contrato.  

O Aquário do Pantanal é a maior obra pública em execução atualmente em Mato Grosso do Sul, sendo basicamente um centro turístico e de pesquisa sobre a fauna e flora pantaneira. Dos iniciais R$ 86 milhões quando a obra foi lançada, em 2010, o custo já passou dos R$ 230 milhões e o governo anterior pretendia entregá-la em 2014, mas a expectativa da atual gestão é que o projeto seja finalizado no fim deste ano.

Jornal Midiamax