Governo de MS tenta aprovar R$ 21 milhões no Ministério da Saúde

Verba é destinada ao HR de Campo Grande e Dourados
| 27/07/2015
- 16:34
Governo de MS tenta aprovar R$ 21 milhões no Ministério da Saúde

Verba é destinada ao HR de Campo Grande e Dourados

A Secretaria de Estado de Saúde publicou resolução de homologação de sete propostas de emendas parlamentares para três municípios de Mato Grosso do Sul. Trata-se, segundo publicado no Diário Oficial do Estado, desta segunda-feira (27), de pleito que será levado ao Ministério da Saúde, para construção e reforma de instituições de saúde. O total chega a R$ 21.723.369,00.

Para Campo Grande, uma proposta prevê a construção de novo bloco administrativo do Hospital Regional de Mato Grosso do Sul, em duas etapas, cujos valores são R$ 9.708.517,00, na primeira etapa, e R$ 3.100.033,62, para a segunda etapa.

A segunda emenda destinada a Campo Grande é para reforma da UTI (Unidade de Terapia Intensiva) pediátrica no valor de R$ 762.300,06. Outra proposta prevê custeio do Hospital Regional de Mato Grosso do Sul de R$ 2.500.000,00.

Para Dourados, distante 225 quilômetros de Campo Grande, está previsto R$ 381.666,75 para construção do Hospital Regional, obra que começou ano passado, mas foi interrompida pela atual gestão estadual. Também há propostas para construção do Centro Regional de Diagnóstico de Dourados, no valor de R$ 3.390.269,00 e R$ 1.480.588,08, para ampliação física do complexo regulador, CEO Tipo III e Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) de Dourados. 

Segundo a resolução, será levada proposta para reforma do Hemonúcleo de Naviraí, cidade distante 359 quilômetros da Capital, para implantação de serviço de hemodiálise no valor de R$ 399.996,80.

Veja também

Últimas notícias