Política / Transparência

Eduardo Romero é o primeiro a aceitar desafio e mostra holerite

Vereador do PTdoB divulgou três últimos salários

Jessica Benitez Publicado em 25/06/2015, às 15h43

None
romero.jpg

Vereador do PTdoB divulgou três últimos salários

O vereador de Campo Grande, Eduardo Romero (PTdoB), foi o primeiro a cumprir desafio lançado pelo Jornal Midiamax. Ele enviou foto dos três últimos holerites e fez jus à transparência que deve haver no Poder Público, conforme determina a Lei de Acesso à Informação (LAI) aprovada em novembro de 2011.

 Todos os legisladores foram desafiados a mostrar seus respectivos holerites para que o leitor fique a par dos benefícios e descontos que cada um arca todos os meses. No portal da Transparência da Câmara Municipal consta apenas a tabela remuneratória que apresenta, sem detalhes, o salário de R$ 15.031,76.

Ao todo os descontos somam R$ 4.387, sendo R$ 751 destinado ao diretório municipal do PTdoB, R$ 513 Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e R$ 3.123 referentes ao Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF). Até o momento somente Romero enviou holerite. “A transparência é uma ação fundamental para qualquer atividade pública. Precisamos entender que cada vez mais as pessoas, o cidadão que ajuda com seus impostos, precisam saber como é administrado o dinheiro público”, defendeu.

A assessoria da vereadora Luzia Ribeiro (PPS) respondeu que os dados constam no site da Casa de Leis, mas o desafio é mostrar o comprovante salarial, com todos os descontos e eventuais benefícios. Durante sessão itinerante na manhã de hoje, a legisladora defendeu que as leis de acesso à informação, bem como da transparência sejam respeitadas, desta forma não cabe ao parlamentar ser favorável ou não, trata-se de cumprir regras.

 “Não é ser favorável ou contra, é uma lei nacional que garante transparência no salário de todos os poderes. Da prefeitura, da câmara, de todos os poderes”, disse. Marcos Alex (PT) também concorda que todos os salários sejam abertos à população.

Jornal Midiamax