Política / Transparência

Editais para implantação de corredor de ônibus são revogados pela Prefeitura

Suspensões foram publicadas no Diogrande

Midiamax Publicado em 09/06/2015, às 22h20

None
marlon_pmcg.jpg

Suspensões foram publicadas no Diogrande

A Prefeitura de Campo Grande revogou quatro processos administrativos referentes a implantação de corredores de transporte coletivo urbano. A suspensão foi oficializada na edição desta terça-feira (9), do Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande).

Os editais de número 004/2015, 005/2015, 006/2015 e 008/2015, que tratam das obras, fazem parte do PAC Mobilidade Urbana e, além de prever a implantação de três corredores para ônibus, pode vir a instalar um viaduto no cruzamento da Avenida Interlagos com a Gury Marques. De acordo com dados da prefeitura, o orçamento total das construções é de 116 milhões. 

Sobre a suspensão, a Prefeitura, por meio da assessoria de imprensa, explicou que foi preciso revogar pelo fato da alta dos preços dos insumos que são usados nas construções, como, por exemplo, a lama asfáltica que teve aumento de até 20%. Agora, o Executivo municipal deve fazer ajuste nas planilhas de custo e por isso revogou-se os editais anteriores no intuito de se elaborar um novo.

No mês de maio a Prefeitura chegou a concluir o processo de licitação do corredor sul do transporte coletivo. São 17,28 quilômetros de corredor, que começa no Terminal Guaicurus, passa pelo Terminal Morenão, se estendendo até a Avenida Mato Grosso, indo pela rua Rui Barbosa, Calógeras e em trechos da 13 de maio e Macaraju. 

Jornal Midiamax