Política / Transparência

Explosão matou instantaneamente operário de empreiteira no macroanel de Campo Grande

O operário Leonardo de Carvalho teve morte instantânea na manhã desta quinta-feira (5) ao ser atingido na explosão de um cilindro pressurizado, no macroanel rodoviário de Campo Grande. O equipamento estava na carroceria de um caminhão e destruiu parte da cabeça do trabalhador. Ele atuava em uma empreiteira que presta serviços para o DNIT na […]

Arquivo Publicado em 05/12/2013, às 14h28

None
523408387.jpg

O operário Leonardo de Carvalho teve morte instantânea na manhã desta quinta-feira (5) ao ser atingido na explosão de um cilindro pressurizado, no macroanel rodoviário de Campo Grande. O equipamento estava na carroceria de um caminhão e destruiu parte da cabeça do trabalhador.

Ele atuava em uma empreiteira que presta serviços para o DNIT na manutenção da rodovia. O cilindro pressurizado era usado na pintura para sinalização da pista.

O acidente aconteceu em uma parte da pista que está sendo recuperada, no trecho entre as saídas de Três Lagoas e São Paulo. O Corpo de Bombeiros e a Polícia Rodoviária Federal estiveram no local e fecharam parte da rodovia até a chegada da perícia.

Pelo estado do corpo, informações preliminares são de que a morte foi instantânea. Leonardo foi atingido na cabeça e teve parte do rosto lançada para alguns metros do caminhão onde estava. Colegas ficaram chocados com a cena.

Jornal Midiamax