Novidades e rumores voltam a agitar políticos de Mato Grosso do Sul que sonham com vaga cobiçada

Assunto havia esfriado, mas voltou a ser assunto nos meios políticos de Mato Grosso do Sul após novidades recentes
| 22/11/2021
- 11:55
Vaga cobiçada representa prestígio e segurança
Vaga cobiçada representa prestígio e segurança, além de empolgar assessores pela acomodação de galera com bons salários - (Ilustração sobre reprodução, Web)

Políticos de voltaram a falar sobre dança das cadeiras que tem alimentado sonhos e brigas internas nos últimos anos. Fatos recentes teriam renovado os ânimos até de mandatário que chamou equipe e garantiu que tocaria a vida sem esperar pela disputada indicação.

A manobra, apontada por assessores como uma forma de o político esvaziar o poder que a expectativa pela cadeira estava tomando, teria sido reavaliada após conversas durante viagem em grupo no fim de semana.

Como anúncio recente de novidades políticas ainda não efetivadas provocou ilações sobre insólito acordo que colocaria nome novo na disputa pela tal cadeira, cálculos e estratégias estariam sendo refeitos às pressas.

Vagas nas mãos dos ocupantes

Segundo fontes emplumadas, a mesma cadeira já foi prometida a dois, e agora teria novos possíveis pretendentes. Enquanto em outros órgãos novas cadeiras abertas esfriaram a disputa que também mobiliza grupos políticos de Mato Grosso do Sul, neste caso as vagas dependem dos ocupantes aceitarem ir para casa mais cedo do que o limite compulsório.

Correligionários avaliam que até comportamento partidários pode mudar nos próximos dias como efeito das 'suspeitas'. Além disso, como a vaga cobiçada representa garantia para séquito dos indicados de nomeações com bons salários no órgão de destino, todos acompanham e especulam de perto sobre eventuais novidades.

Sabendo de algo que MS precisa saber? Conta pro Midiamax!

Se você está por dentro de alguma informação que acha importante o público saber, fale com jornalistas do !

Fala Povo: O leitor pode falar direto no WhatsApp do Jornal Midiamax pelo número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Se preferir, você também pode falar com o Jornal direto no Messenger do Facebook.

Você pode enviar flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões com total sigilo garantido pela lei.

Veja também

Segundo ativistas, vazamentos de nudes de político prejudicam combate à atuação de predadores sexuais em órgãos públicos de MS

Últimas notícias