Farra da prorrogação de prazo em Mato Grosso do Sul já incomoda colegas dos folgados e comprometidos

Tática manjadíssima para enrolar procedimentos e privilegiar alvos blindados piora índices de órgão
| 14/10/2021
- 11:00
Quando inércia não se sustenta mais
Quando inércia não se sustenta mais, comprometidos partem para prorrogação de prazo para segurar os 'pepinos' - (Ilustração sobre reprodução, Web)

Verdadeira farra da prorrogação de prazo em pode virar problema sério para órgão estadual cujos dirigentes quase normalizaram a capachisse e servidão.

Mas, como a prática manjadíssima reflete diretamente nos índices de todos, já tem colega irritado com a cara de pau dos enrolados ou comprometidos.

A ordem, dizem, é sempre enrolar ao máximo ainda nas fases iniciais procedimentos que possam, de alguma forma, incomodar poderosos.

Assim, partem para as prorrogações de prazo que muitas vezes são solicitadas sem qualquer tipo de atuação anterior, revelando que a inércia foi primeiro recurso usado para preservar quem gabinete do protetor geral manda blindar.

Sabendo de algo que MS precisa saber? Conta pro Midiamax!

Se você está por dentro de alguma informação que acha importante o público saber, fale com jornalistas do !

Fala Povo: O leitor pode falar direto no WhatsApp do Jornal Midiamax pelo número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Se preferir, você também pode falar com o Jornal direto no Messenger do Facebook.

Você pode enviar flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões com total sigilo garantido pela lei.

Veja também

Segundo ativistas, vazamentos de nudes de político prejudicam combate à atuação de predadores sexuais em órgãos públicos de MS

Últimas notícias