Política / Justiça

Justiça nega revogação de prisão de jardineiro suspeito de manter adolescente em cárcere

A Justiça negou o pedido de revogação da prisão preventiva do jardineiro Dirceu Benites, de 40 anos, suspeito de manter a companheira, uma adolescente de 17 anos, em cárcere privado. A prisão foi decretada nos autos de prisão em flagrante e o Ministério Público opinou pelo indeferimento do pedido, salientando existir necessidade da manutenção da […]

Arquivo Publicado em 30/08/2014, às 14h30

None

A Justiça negou o pedido de revogação da prisão preventiva do jardineiro Dirceu Benites, de 40 anos, suspeito de manter a companheira, uma adolescente de 17 anos, em cárcere privado.


A prisão foi decretada nos autos de prisão em flagrante e o Ministério Público opinou pelo indeferimento do pedido, salientando existir necessidade da manutenção da prisão preventiva do suspeito para garantia da ordem pública e conveniência da instrução criminal.


Em decisão do juiz Cezar Fidel Volpi, na última sexta-feira (29), a prisão foi mantida. O juiz justificou a decisão, afirmando que é necessária a proteção da vítima, tendo em vista que reiteradamente vem sendo vítima de práticas delitivas em situação de violência doméstica e familiar.


O juiz ainda ressaltou que nos delitos cometidos no âmbito doméstico a palavra da vítima tem relevante valor, porquanto, na maioria das vezes, a violência acontece dentro do próprio ambiente familiar, longe dos olhos de familiares ou possíveis testemunhas.


Caso


O caso veio à tona na última terça-feira (19). A adolescente foi até uma farmácia e deixou um pedido de ajuda no verso de uma receita médica. A atendente acionou a polícia que foi até a casa onde a adolescente estaria sendo mantida em cárcere, junto com o filho bebê.


A garota relatou à polícia que em pouco tempo de namoro com Dirceu, ela já ficou grávida. Demonstrando afeto, ele convenceu a vítima de parar de trabalhar e a levou para morar na casa da mãe. Posteriormente, ela descobriu que ele era caso e usava um nome falso e ele a levou morar com a ex-mulher e os filhos na casa onde foi encontrada.

Jornal Midiamax