Política / Justiça

Decisão da Justiça manda PT tirar do ar propaganda contrária a candidato do PSDB

Toma lá, dá cá. No mesmo dia em que a Justiça Eleitoral proibiu propaganda da coligação liderada pelo PSDB contra o candidato do PT ao governo estadual, Delcídio do Amaral, os tucanos conseguiram vetar um vídeo dos petistas. A decisão, do dia 18 de setembro, foi publicada no fim da tarde de sexta-feira (19) no […]

Arquivo Publicado em 20/09/2014, às 14h02

None
881151114.jpg

Toma lá, dá cá. No mesmo dia em que a Justiça Eleitoral proibiu propaganda da coligação liderada pelo PSDB contra o candidato do PT ao governo estadual, Delcídio do Amaral, os tucanos conseguiram vetar um vídeo dos petistas.

A decisão, do dia 18 de setembro, foi publicada no fim da tarde de sexta-feira (19) no mural eletrônico do TRE (Tribunal Regional Eleitoral). O desembargador Divoncir Schreiner Maran, juiz eleitoral auxiliar, não entrou no mérito da questão – de que a publicidade seria ofensiva ao candidato do PT – mas na irregularidade de a peça ter sido feita com montagem e uso de recursos de computação gráfica, montagem e trucagem, proibidos por lei.

O texto-base de ambas as decisões, inclusive, é o mesmo. A decisão de Maran prevê multa diária de R$ 15 mil em caso de descumprimento.

Jornal Midiamax