Política / Justiça

Justiça condena mulher por desviar R$ 8 mil de imobiliária em Campo Grande

A ex-funcionária Rosana Maria da Silva foi condenada pelo crime de apropriação indébita de R$ 8 mil da Financial Administradora de Imóveis em Campo Grande. A sentença é da juíza substituta, Kelly Gaspar Duarte Neves, da 4º Vara Criminal de Campo Grande. Ela foi condenada a 19 dias-multas e dois anos de reclusão em regime aberto, […]

Arquivo Publicado em 03/07/2013, às 18h55

None

A ex-funcionária Rosana Maria da Silva foi condenada pelo crime de apropriação indébita de R$ 8 mil da Financial Administradora de Imóveis em Campo Grande. A sentença é da juíza substituta, Kelly Gaspar Duarte Neves, da 4º Vara Criminal de Campo Grande.


Ela foi condenada a 19 dias-multas e dois anos de reclusão em regime aberto, pena substituída por prestação de serviços comunitários.


Rosana Maria foi condenada também a pagar indenização por danos causados de R$ 8.000, mesmo valor contabilizado no desvio. Ela trabalhava no departamento de cobrança e era responsável pelo recebimento de pagamentos diversos.


A ex- funcionária, segundo a denúncia, falsificava os recibos de pagamentos e assinava os mesmos. Segundo a juíza substituta, Kelly Gaspar Duarte Neves, da 4º Vara Criminal de Campo Grande, a confissão da acusada e a situação de ser ré primaria atenuou no caso. Desta forma foi possível cumprir a pena em liberdade e pagar a mesma com serviços comunitários.

Jornal Midiamax