Política / Justiça

Processo eletrônico chega à Justiça do Trabalho de Mato Grosso do Sul

A inauguração será realizada na sexta-feira, 20 de julho, às 10h na Sala de Sessões doTribunal Pleno, terá a presença do Ministro João Oreste Dalazen, presidente do TribunalSuperior do Trabalho e do Conselho Superior da Justiça do Trabalho. A implantação gradativa do PJe-JT irá gerar uma série de benefícios para os usuários daJustiça Trabalhista. Partes, […]

Arquivo Publicado em 18/07/2012, às 16h18

None

A inauguração será realizada na sexta-feira, 20 de julho, às 10h na Sala de Sessões do
Tribunal Pleno, terá a presença do Ministro João Oreste Dalazen, presidente do Tribunal
Superior do Trabalho e do Conselho Superior da Justiça do Trabalho.


A implantação gradativa do PJe-JT irá gerar uma série de benefícios para os usuários da
Justiça Trabalhista. Partes, advogados, magistrados e servidores passarão a vivenciar
mudanças que refletirão, entre outros ganhos, na redução no tempo de trâmite do processo e
dos custos; no melhor controle de tarefas e prazos e em maior segurança.


Pelo PJe, várias etapas burocráticas na tramitação dos processos físicos nas Varas serão
descartadas, como uso de carimbos, juntadas de petições e documentos impressos, entre
outras atividades que até então precisam ser executadas. Tudo isso irá gerar uma grande
economia de recursos, em especial com a diminuição radical do uso de papel, contribuindo
com as ações ambientais.


Os servidores serão beneficiados com a redução do manuseio de processos – que com o tempo
acumulam poeira – e deixarão de fazer o transporte dos autos de um lugar para outro. De
maneira geral, passarão a ser melhor aproveitados em outras atividades.


O PJE permitirá a realização do trabalho à distância, com disponibilidade do sistema por 24
horas. Os advogados poderão consultar as peças do processo pelo sistema via internet e
poderão apresentar as petições de qualquer lugar. Será imprescindível aos advogados
trabalhistas possuírem certificado digital para acessarem o sistema.


Com a instalação do PJe, até o final deste ano, as Varas Trabalhistas Ponta Porã, São Gabriel
do Oeste e Amambai receberão novos processos unicamente pela via eletrônica. No segundo
grau de jurisdição, o processo eletrônico começa com as ações rescisórias mas, em até 90
dias, todas as demais classes também serão protocoladas unicamente por meio eletrônico.


Jornal Midiamax