Política / Justiça

Ministros do STJ recebem acima do limite de R$ 26,7 mil

Todos os 32 ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) receberam, no último mês de junho, rendimentos acima do limite constitucional de R$ 26,7 mil, de acordo com a lista salarial divulgada no portal da corte nessa sexta-feira. Em média, cada ministro teve vencimento bruto de R$ 37 mil, ou R$ 29 mil líquidos. Mais […]

Arquivo Publicado em 22/07/2012, às 01h45

None

Todos os 32 ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) receberam, no último mês de junho, rendimentos acima do limite constitucional de R$ 26,7 mil, de acordo com a lista salarial divulgada no portal da corte nessa sexta-feira. Em média, cada ministro teve vencimento bruto de R$ 37 mil, ou R$ 29 mil líquidos. Mais de cem servidores do STJ também ganharam acima do teto, sob a alegação de que as vantagens pessoais e eventuais dos ministros e servidores não contam na soma do limite. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Em seis casos o rendimento superou R$ 50 mil. O ministro Massami Uyeda recebeu R$ 64 mil brutos em junho, o maior valor. O limite foi estabelecido em 2005 e, desde então, ocorre discussão sobre a legalidade de se ter rendimentos superiores ao que manda a Constituição. Muitos servidores conseguem ultrapassar o limite por meio de liminares. O STJ foi o terceiro tribunal superior a divulgar a lista nominal de salários de seus servidores, após o Tribunal Superior do Trabalho (TST) e o Supremo Tribunal Federal (STF), de acordo com O Estado de S. Paulo. As informações podem ser acessadas pelos interessados na área de Transparência do portal do STJ.

Jornal Midiamax