Política / Justiça

Justiça Federal determina despejo de integrantes do MST da fazenda Nova Esperança

A Justiça Federal de Três Lagoas emitiu uma ordem de despejo, que deve ser cumprida até as 13 horas desta sexta-feira (20), contra o MST (Movimento Sem Terra). Os integrantes do movimento estão ocupando parte da Fazenda Nova Esperança e deverão sair do local porque o proprietário conseguiu a reintegração de posse. Segundo informações da […]

Arquivo Publicado em 20/04/2012, às 12h48

None

A Justiça Federal de Três Lagoas emitiu uma ordem de despejo, que deve ser cumprida até as 13 horas desta sexta-feira (20), contra o MST (Movimento Sem Terra). Os integrantes do movimento estão ocupando parte da Fazenda Nova Esperança e deverão sair do local porque o proprietário conseguiu a reintegração de posse.


Segundo informações da assessoria de imprensa do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), a reintegração de posse será feita com força policial. O Incra teme que haja confusão no local.


O ouvidor do Incra, Sidney Ferreira de Almeida e o superintendente-substituto, Celso Menezes Cestari, estão indo para a fazenda, que está localizada na MS 134, em Bataiporã, para intermediar a situação.


Ao todo, cerca de 200 pessoas devem ser despejadas.

Jornal Midiamax