Política / Justiça

Justiça do Rio reconhece goleiro Bruno como pai do filho de Eliza Samudio

A Justiça do Rio de Janeiro publicou sentença reconhecendo que o goleiro Bruno Souza é pai do filho de Eliza Samudio. De acordo com a decisão publicada no Diário da Justiça Eletrônico do RJ, no último dia 12, o nome do goleiro Bruno Fernandes das Dores de Souza deverá constar na certidão de nascimento da […]

Arquivo Publicado em 18/07/2012, às 19h08

None

A Justiça do Rio de Janeiro publicou sentença reconhecendo que o goleiro Bruno Souza é pai do filho de Eliza Samudio. De acordo com a decisão publicada no Diário da Justiça Eletrônico do RJ, no último dia 12, o nome do goleiro Bruno Fernandes das Dores de Souza deverá constar na certidão de nascimento da criança, que agora será chamado de Bruno Samudio de Souza.


Bruno e mais sete pessoas vão a júri popular, ainda sem data definida, pela morte de Eliza, que está desaparecida desde junho de 2010. O goleiro é acusado de homicídio triplamente qualificado, sequestro e ocultação de cadáver.


De acordo com as investigações da Polícia Civil mineira, a jovem foi levada, em junho de 2010, juntamente com a criança, para a casa do ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, e teria sido morta por ele, em um imóvel localizado em Vespasiano (região metropolitana de Belo Horizonte). O esquema teria sido organizado pelo goleiro e por pessoas ligadas a ele.


Para a Polícia Civil e o Ministério Público Estadual mineiros, a recusa em reconhecer o filho foi uma das razões que teriam levado Bruno a matar Eliza.


No mesmo processo, iniciado por Eliza Samudio em nome da criança, se pleiteia pensão alimentícia, mas este item do processo ainda não foi decidido. O processo corre em segredo de Justiça.


Atualmente, a criança de dois anos vive com a avó materna, Sônia Moura, em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, e recebe acompanhamento psicológico.


Jornal Midiamax