Política / Justiça

TJ vai julgar pedido de liberdade para professor acusado de fotografar alunas nuas

O advogado Mauricio Rasslan que trabalha na defesa do professor de Geografia A.L.O acusado pela ex-mulher de fotografar alunas nuas pediu no final da manha de hoje no Tribunal de Justiça a liberdade do seu cliente O desembargador Carlos Eduardo Contar será o relator do pedido de liminar feito pelo advogado douradense e deverá analisar […]

Arquivo Publicado em 23/03/2011, às 18h51

None

O advogado Mauricio Rasslan que trabalha na defesa do professor de Geografia A.L.O acusado pela ex-mulher de fotografar alunas nuas pediu no final da manha de hoje no Tribunal de Justiça a liberdade do seu cliente

O desembargador Carlos Eduardo Contar será o relator do pedido de liminar feito pelo advogado douradense e deverá analisar o pedido até sexta-feira.

Rasslan acredita que o pedido de habeas corpus deverá ser concedido pelo Tribunal de Justiça para insuficiência de provas contidas no processo.

Segundo o advogado, o professor está sendo acusado de infringir o artigo 241 B do Estatuto da Criança e do Adolescente que classifica como crime o ato de armazenar fotos e vídeos com crianças nuas.

Jornal Midiamax