Por demora na denúncia, Justiça de MS manda soltar policiais acusados de extorsão

A 1ª Turma Criminal do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) mandou soltar nesta semana dois policiais e um civil acusados de extorsão. De acordo com os desembargadores, houve “injustificado excesso de prazo”, uma vez que ainda não ocorreu o recebimento da denúncia por parte do MPE (Ministério Público Estadual). Os policiais, […]
| 02/12/2011
- 23:30
Por demora na denúncia, Justiça de MS manda soltar policiais acusados de extorsão

A 1ª Turma Criminal do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) mandou soltar nesta semana dois policiais e um civil acusados de extorsão. De acordo com os desembargadores, houve “injustificado excesso de prazo”, uma vez que ainda não ocorreu o recebimento da denúncia por parte do MPE (Ministério Público Estadual).

Os policiais, juntamente com o civil, foram presos em flagrante no mês de setembro deste ano e, com a demora, a Turma considerou que houve “constrangimento ilegal”. A defesa de um dos envolvidos pediu habeas corpus e o benefício foi estendido para outros dois.

Conforme a denúncia, os três estariam extorquindo uma pessoa na cidade de Ponta Porã, a 346 quilômetros de Campo Grande, alegando supostas dívidas.

Com o benefício, eles responderão ao processo em liberdade.

Veja também

Últimas notícias