Após três júris, PM acusado de duas tentativas de homicídio é absolvido pela justiça de MSPor quatro votos a três, um soldado da Polícia Militar, que respondia por duas tentativas de homicídio duplamente qualificadas, foi absolvido pelo Tribunal do Júri nesta sexta-feira (25). O fato aconteceu em 2006, em Campo Grande, e a defesa alegou a “desistência voluntária” para conseguir a absolvição.

Consta nos autos que o militar estava em uma festa de casamento e, após um tumulto, foi atingido na cabeça com um copo de vidro. Enquanto seguia para buscar atendimento, dois homens foram atrás dele e, armados, tentaram o intimidar.

O militar desceu de seu veículo e disparou contra os dois rapazes, ferindo ambos. Quando uma guarnição foi até o local, a dupla já estava dominada e sob a mira da arma do policial.

Para conseguir a absolvição, o réu passou por três júris. No primeiro ele foi absolvido, porém, a promotoria pediu anulação. No segundo, foi condenado, porém, a defesa conseguiu anular o julgamento. Agora, no terceiro julgamento, o militar foi finalmente absolvido.