Política / Justiça

MG: após audiência, Bola diz que “justiça está sendo feita”

O ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, deixou o Fórum Lafayette, na região central de Belo Horizonte (MG), no início da noite desta quarta-feira, gritando que “a justiça está sendo feita”. Hoje aconteceu mais uma audiência do caso do desaparecimento e morte de Eliza Samudio, ex-amante do goleiro Bruno Fernandes de Souza. Bola é […]

Arquivo Publicado em 20/10/2010, às 22h19

None

O ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, deixou o Fórum Lafayette, na região central de Belo Horizonte (MG), no início da noite desta quarta-feira, gritando que “a justiça está sendo feita”. Hoje aconteceu mais uma audiência do caso do desaparecimento e morte de Eliza Samudio, ex-amante do goleiro Bruno Fernandes de Souza. Bola é acusado de ser o executor da jovem que dizia ter um filho do ex-atleta do Flamengo.


O advogado Zanone Manuel de Oliveira Júnior foi questionado sobre o significado das palavras de seu cliente. “Ele disse isso porque as audiências e os depoimentos prestados sob a vigilância dos juízes e promotores têm mostrado que o Marcos Aparecido não tem qualquer envolvimento com esse caso. As testemunhas estão pintando um quadro que é o verdadeiro: que o Marcos Aparecido é uma pessoa de bem”, disse.


Hoje, 13 testemunhas de acusação foram ouvidas, outras cinco, dispensadas (em comum acordo entre os advogados), e quatro não compareceram. Na quinta-feira, acontece em Vespasiano, na região metropolitana, audiência para ouvir quatro testemunhas de defesa de Bola. Segundo o Tribunal de Justiça, apenas o ex-policial, dos nove suspeitos presos, deve comparecer.

Jornal Midiamax