Contribuições

Vereadora de Ponta Porã fez publicação dizendo que não aceitaria ser pré-candidata a vice na chapa do PL em Ponta Porã. Ela alegou que as contribuições não ‘eram necessárias para as decisões do partido’.

Definitiva e irrevogável

A parlamentar afirmou que a decisão era ‘definitiva e irrevogável’. Contudo, as publicações com posicionamento foram apagadas das redes sociais logo depois.

‘Machão’

A senadora Soraya Thronicke (Pode) acionou a advocacia do Senado Federal após suposto crime de violência política de gênero. A parlamentar de MS disse que o crime foi praticado por um colega ‘machão que odeia mulheres’.

Corrida chegou ao fim

A corrida de agendas e lançamento de obras chegou ao fim para políticos que tentarão cargos nas Eleições de 2024. O último dia liberado pelo calendário eleitoral, sexta-feira (6), contou com eventos na Capital e municípios do interior do Estado.

Encontro

Políticos da direita se reuniram no CPAC (Conservative Political Action Conference) no último fim de semana em Balneário Camboriú (SC). Ao lado da família Bolsonaro, nomes de Mato Grosso do Sul estiveram presentes, como os deputados Marcos Pollon (PL), João Henrique (PL) e o deputado cassado, Rafael Tavares (PL).

“Check-in a distância”

O deputado federal Rodolfo Nogueira (PL) não compareceu no encontro, mas compartilhou inúmeros conteúdos do evento. Vale lembrar que Nogueira, que recebeu convite para assumir o PL em MS, precisou ser hospitalizado na quinta-feira (4) após início de pancreatite.

Armado

Defensor do porte de arma, Pollon palestrou durante o evento e disse que estava armado no palco e mostrou aos participantes. O congressista sacou, na realidade, um terço católico do bolso.

A medalha 3is

O presidente da Argentina, Javier Milei, se reuniu a portas fechadas na manhã deste domingo, 7, com o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), que aproveitou para dar de presente ao argentino a medalha “3is: imorrível, imbrochável e incomível”, um presente em tom de ironia que ele costuma dar a aliados políticos.