[ BASTIDORES ] Um ano de vacina

| 19/01/2022
- 12:00
[ BASTIDORES ] Um ano de vacina

Um ano de vacina

Nas redes sociais, relembrou a emoção do primeiro carregamento de vacinas contra Covid-19 que chegaram ao Estado. “Nós não paramos e, de domingo a domingo, trabalhamos firmes para salvar vidas. MS hoje é referência no Brasil!”, disse.

Agradecimentos

No post, o secretário de Saúde aproveitou para parabenizar os membros da Secretaria. “Parabéns à minha equipe da SES e às equipes dos 79 municípios do Estado por demonstrarem amor à vida por meio do seu trabalho”.

Ligados no BBB

Se engana quem pensa que os parlamentares não espiam as câmeras do BBB. No Twitter, Dagoberto Nogueira comentou sobre a nova edição do reality. “Não tem quem não tenha visto a patética explicação sobre escravidão dada pela participante do #BBB22”.

Indignado

O deputado federal levantou a bandeira de que racismo reverso não existe e ainda criticou a imprensa, em referência a artigo opinativo publicado no domingo (16) pela Folha de SP. “E hoje um dos principais jornais do país vêm falar de racismo reverso? Esse país tá de ponta cabeça! #racismoreversonãoexiste”, declarou.

Ninguém aguenta mesmo

Sem conseguir contato por telefone com Odilon de Oliveira Junior, diretor da Agereg (Agência de Regulação dos Serviços), a reportagem do Jornal Midiamax o procurou por mensagem de WhatsApp e recebeu justificativa inusitada, embora compreensível, para não ter atendido a chamada.

Telemarketing

O diretor disse que, ao receber ligação de número não registrado em sua agenda, pensou logo que se tratava de telemarketing, que, seja de cobrança ou para oferta de algum serviço, costuma ser evitada pelas pessoas.

Sem eleição

Por falar nele, que é ex-vereador de Campo Grande, a intenção em 2022 é apoiar o pai, aposentado Odilon de Oliveira, que deve concorrer a algum cargo nestas eleições. Ele, no entanto, não entrará na disputa.

Polêmico

O presidente da Fetems (Federação dos Trabalhadores da Educação de Mato Grosso do Sul), Jaime Teixeira, publicou nas redes sociais, uma série de posts com fotos dos deputados estaduais, para mostrar quem votou a favor do projeto de lei de 2019, que reduziu o salário dos professores do Estado.

Lembranças

Na época, a mobilização da categoria foi grande, com confusão na porta do plenário da Alems (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul), entre manifestantes e a guarda, mas não foi suficiente para os deputados votarem contra.

Vem aí?

Lembrando que Jaime fez a postagem em ano eleitoral, com a maioria dos deputados na tentativa de retornar à cadeira em 2023. A reportagem do Jornal Midiamax ligou para ele, para saber se ele sairá candidato nas eleições deste ano. Ele disse que ainda não sabe, mas que permanecerá como presidente da Fetems até 2024. “Eu posso sair candidato mesmo sendo presidente, mas ainda não sei se serei, não defini”.

Veja também

Presidente em Campo Grande O assunto da quinta-feira foi a visita do presidente Jair Bolsonaro...

Últimas notícias