[ BASTIDORES ] Complicações eleitorais

| 23/05/2022
- 06:00
[ BASTIDORES ] Complicações eleitorais

Devendo

Alcides Bernal tornou-se oficialmente, na sexta-feira (20), devedor da União, graças ao não pagamento de R$ 5.455,47 referentes a recursos que foram impugnados de sua campanha a deputado federal, em 2018. A decisão consta no Diário Oficial do Tribunal Regional Eleitoral.

Conta subindo

Além da candidatura barrada pela Justiça Eleitoral, Bernal ainda teve as contas desaprovadas. Em 4 de abril deste ano, a decisão sobre os gastos transitou em julgado e, sem recolhimento do valor devido, seguiu para execução. Atualizado, o valor chega a R$ 6.765,46.

Efeito da cassação

A impugnação da candidatura de Bernal foi resultado da cassação de seu mandato de prefeito pela Câmara Municipal, em março de 2014, validada pela Justiça e que suspendeu seus direitos políticos por 8 anos. Não fosse isso, graças a votação obtida, ele poderia ter assumido a suplência de Tereza Cristina (PP) na Câmara dos Deputados em 2018.

Irregularidades de gestões

Após várias irregularidades apontadas pelo TCE-MS (Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul) na gestão do inelegível Paulo Tucura (ex-prefeito), outro ex-prefeito aparece na lista da corte de contas: José Domingues Ramos, o popular "Zé Cabelo". Ele terá que pagar multa de R$ 2.320,00 por irregularidades na do Fundo Municipal de Investimentos Sociais.

Autógrafo

A campanha do agasalho 2022 comandada pela tem um incentivo mais que especial: quem participar com doação de uma peça vai concorrer a um violão autografado pelo astro do sertanejo Luan Santana.

Garota-propaganda

Com divulgação "pesada" da campanha nas redes, é a própria prefeita Adriane Lopes (Patriotas) que posa como modelo e garota-propaganda nas peças publicitárias, erguendo o violão com a assinatura do cantor e convocando a população para doar.

Mais agendas com coxinha

Mais agendas com coxinha! Presidente da Alems (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul), Paulo Corrêa (PSDB) comeu uma coxinha em Campo Grande, no bairro Coophavilla II, antes de seguir para agenda e publicou nas redes sociais "querer mais coxinhas antes das agendas!"

Veja também

Presidente em Campo Grande O assunto da quinta-feira foi a visita do presidente Jair Bolsonaro...

Últimas notícias