Política / Bastidores

[BASTIDORES] Vêm ou não vêm?

Da Redação Publicado em 15/06/2021, às 06h30

None

Vêm ou não vêm?

O cancelamento do envio de vacinas da Janssen na segunda-feira (14) foi a pá de cal no ânimo de sul-mato-grossenses que esperavam o avanço da imunização do Estado avançar, tal qual os anúncios feitos pelo governador do Estado vizinho.

Mais dúvidas

Para os residentes em MS, foi uma sequência de fatos permeados por frustrações sobre a cobiçada "vacina de uma dose só". Primeiro o Estado queria tentar cerca de 3 milhões de doses para imunizar todo o Estado. Depois o Ministério da Saúde confirmou que seriam menos de 40 mil. Aí disseram que seriam mais de 200 mil, com parte delas exclusivas para capital e fronteira. Agora, a mais recente, é de que a Janssen não vem mais.

Calma

Para o Ministério da Saúde, porém, o que houve foi só um atraso e aguarda-se a chegada das doses ainda nesta semana. Oremos!

Vai distribuir

O titular da SES (Secretaria de Estado de Saúde), Geraldo Resende (PSDB), já pontuou que a possibilidade da data de validade do imunizante ser ampliada deve permitir que todo o Estado receba uma parcela de vacinas da Janssen. Se elas vierem, é claro.

Vermelhou

O decreto municipal aplicando a Campo Grande as antigas regras da Bandeira Vermelha - e, portanto, comércio com portas abertas - não foi a única mudança aplicada pela Prefeitura da Capital na última segunda-feira (14). 

Reforço

Perfil da administração da Capital em redes sociais também adotou a cor vermelha como fundo, sobre imagens e escritos em branco, tudi para reforçar a mensagem e deixar claro que está permitido abrir as portas
Jornal Midiamax