Política / Bastidores

BASTIDORES: Regra eleitoral espanta os papagaios de pirata

Esvaziado Com a proibição de pré-candidatos não poderem participar de lançamento de obras desde 7 de julho, os palanques em agendas públicas têm muito menos papagaio de pirata do que de costume. Aquele político que aparece na foto para fazer uma média. De fora Leia também: [ BASTIDORES ] Vem de zap [ BASTIDORES ] […]

Da Redação Publicado em 19/07/2018, às 06h00 - Atualizado às 18h17

None

Esvaziado

Com a proibição de pré-candidatos não poderem participar de lançamento de obras desde 7 de julho, os palanques em agendas públicas têm muito menos papagaio de pirata do que de costume. Aquele político que aparece na foto para fazer uma média.

De fora

Inclusive, em evento recente com policiais, teve vereador que foi impedido de subir no palanque pelos organizadores com receio de infringir a lei eleitoral.

Coincidência

A corrida da Stock Car ocorrer próximo ao aniversário de Campo Grande é apenas uma coincidência, de acordo com a organização. O prefeito da cidade, no entanto, acha que houve intervenção divina.

Crença

“Foi providência divina. Deus determina o momento certo e a hora certa. O presente que ele dá é para a cidade, não é para o gestor”, declarou Marquinhos Trad, no lançamento do evento.

Ocupado

Tem dirigente tucano que sumiu durante as tensas negociações de alianças. Até assessor diz que tem dificuldade de falar com a figura. A justificativa é de que está bastante ocupado. “Só isso”.

Autonomia

A bancada estadual do MDB tem acompanhado de perto as tratativas conduzidas pelo presidente regional da sigla e pré-candidato ao governo, André Puccinelli, mas apesar da proximidade com as definições alegam que apenas o ex-governador tem ‘autonomia’ para falar sobre o assunto.

Com eles

Parlamentares do MDB agora esperam que o DEM ‘publique oficialmente’ logo em qual time estará nas eleições.

Começou

Se a campanha eleitoral oficialmente ainda não começou, entre os funcionários dos pré-candidatos está a todo vapor. Nas redes sociais, o que não falta são hashtags que engrandecem os políticos.

Spam?

Mas os funcionários que se cuidem, mensagens enviadas pra lista de contatos pelo WhatsApp tem irritado muita gente que promete bloquear sem dó.

Jornal Midiamax