Política / Bastidores

BASTIDORES: qual de nós? vereadores ficaram curiosos para saber quem era o procurado

Curiosidade A procura de um repórter da imprensa nacional por vereadores causou burburinho na Câmara de Campo Grande. Muitos estavam curiosos para saber os motivos que o levaram a estar ali. Homônimo Leia também: BASTIDORES: o jargão ‘o inimigo do seu inimigo é meu amigo’ parece estar em voga em MS BASTIDORES: ‘dividido’ ou ‘vivo’, […]

Éser Cáceres Publicado em 30/05/2018, às 06h00 - Atualizado em 08/06/2018, às 17h23

None
Foto: Divulgação/Izaias Medeiros/CMCG

Curiosidade

A procura de um repórter da imprensa nacional por vereadores causou burburinho na Câmara de Campo Grande. Muitos estavam curiosos para saber os motivos que o levaram a estar ali.

Homônimo

A mudança repentina fez com que a assessoria achasse que na verdade se confundiram com um outro parlamentar de nome semelhante que atuava na legislatura anterior, mas não foi reeleito.

Sem explicar

A assessoria de um dos supostos alvos ficou sem entender quando foi acionada, mas logo depois a reportagem foi embora sem falar com o parlamentar e dar detalhes de qual era o assunto.

Aparecerem

Depois de ‘comer barriga’ na sessão da quinta-feira passada, quando não conseguiu quórum suficiente para aprovar projeto do Executivo, a base da prefeitura chegou cedo na sessão desta semana, bem antes da ordem do dia.

Burburinho

Categoria com pouco mais de 400 servidores deve apresentar ao prefeito Marquinhos Trad (PSD) um pleito de data-base que contempla reposição de alguns pares de anos, além de um relevante percentual de ganho real.

Comparação

Como argumento para tentar convencer o alcaide de que ele deve atender o pleito, a categoria vai usar a informação de que alguns colegas de jaleco branco serão contemplados com reajuste próximos das 3 dezenas.

Sem pedido

O presidente da Assembleia revelou, durante reunião na governadoria, que apesar dos apelos de caminhoneiros e de entidades do setor produtivo não havia chegado até o governo de Reinaldo Azambuja (PSDB) um pedido oficial para redução do ICMS do óleo diesel. Apesar dos clamores serem lançados aos quatro ventos (e em todas as redes sociais e jornais).

Sem liderança

Apesar de ganhar apoio de outros movimentos e de boa parte da população, o movimento grevista dos caminhoneiros não conseguiu oficializar suas reivindicações ao governo, já que não havia uma liderança constituída que representasse a categoria. Alguns atores importantes da gestão tucana reclamaram de que não havia muito claro com quem negociar.

(Des)informação

Pululam nas redes sociais Fake News que envolvam o ministro Carlos Marun, que deixou de ser uma figura política regional e se transformou num dos principais porta-vozes da Presidência da República. De toscas imitações até acusações debochadas em encontros com supostos caminhoneiros.

Tentativas

Chegou só e pouco prestigiado a evento com empresários um pré-candidato majoritário mandatário de partido com importante ministério. Causou estranheza em alguns presentes, ainda diante do recente passado com mandato do político, a pouca atenção que lhe foi dispensada pela direção do local.

Jornal Midiamax