Política / Bastidores

[ BASTIDORES ] Posse de Marun lota, mas companheiros faltam

.

Aliny Mary Dias Publicado em 18/12/2017, às 08h00

None

.

Faltaram

A ausência de correligionários peemedebistas de Mato Grosso do Sul na posse do novo Ministro de Governo, Carlos Marun, surpreendeu quem foi ao Palácio no Planalto na última sexta.

Cadê?

Entre os faltantes estão os senadores Waldemir Moka e Simone Tebet, companheiros do partido de Marun e Fábio Trad, deputado suplente que ocupará vaga do novo ministro na Câmara dos Deputados.

Lotou

Durante a cerimônia de posse, no entanto, o presidente Michel Temer ressaltou a quantidade de pessoas que ocuparam o salão leste do Planalto.

MS no DF

Segundo ele, mesmo com o adiamento da posse de quinta para sexta, não faltou sul-mato-grossense para apoiar Marun.

Caravana

Durante o discurso, o novo ministro agradeceu, inclusive, os pais, a esposa, o filho e os irmãos, todos foram em caravana à Brasília para acompanhar a posse.

Solão

População da região da Vila Nasser enfrentou o calorão para participar de agenda do prefeito Marquinhos Trad. A entrega da reforma do CRAS do referido bairro foi feita em evento ao ar livre.

Só uma tenda

Tanto populares quanto as autoridades ficaram no sol por mais de duas horas. Somente a banda da Guarda Municipal foi protegida por uma tenda.

Gordofobia

O evento também estava recheado por comissionados e assessores de secretarias municipais, vereadores, deputados. Em uma das rodas o assunto era um colega com mais peso que estava no palco ao lado das autoridades. O comentário era de que ele merecia estar exposto ao sol para ver “se diminuía o tamanho da barriga”.

Prêmios

Pelo visto as únicas que curtiram mesmo o evento foram as crianças que, embora estivessem enfrentando calor intenso, participaram de sorteios de prêmios. Bicicletas e outros brinquedos foram sorteados aos presentes.

Desabafo

Em discurso numa agenda o prefeito Marquinhos Trad (PSD) quase se esqueceu de falar sobre a pauta que motivou sua ida à Santa Casa. Ele aproveitou a presença da imprensa para ‘desabafar’ e falar da dificuldade que é agradar a população

Jornal Midiamax