[ BASTIDORES] Deputado foi pescar bem longe e temeu não sair de lá

Foi preciso pedir silêncio no plenário da Câmara
| 26/04/2017
- 12:00
[ BASTIDORES] Deputado foi pescar bem longe e temeu não sair de lá

Foi preciso pedir silêncio no plenário da Câmara

Pescaria

O deputado federal Carlos Marun (PMDB) contou a empresários, durante reunião na Fiems, que foi pescar em um pequeno município sergipano, e lá viu vários outdoors contrários à reforma da previdência.

Disfarce

“Se descobrem que eu sou não saio de lá”, brincou Marun com a plateia patronal, favorável à reforma. O peemedebista ainda alfinetou os presentes pelo fato de não terem manifestado suas opiniões favoráveis às reformas trabalhistas e da previdência.

Busca

Sem quórum para análise de projetos, a sessão de terça-feira (25) da Assembleia Legislativa precisou ser suspensa por 10 minutos para que os deputados fossem procurados e chamados em seus gabinetes.

Humilde

Quem anda de carrão apareceu num velho Fiat Tempra desfilando pela cidade, sem se despir, é claro, do seu terno de marca. Se é carro oficial disfarçado sendo levado para passear em horário de expediente ou se é só uma voltinha rotineira e já conhecida na instituição, ficaremos sem saber.

Sem noção

Em partido que vai de mal a pior, há quem queira se salvar de toda a lama cantando aos sete ventos convite de outros lados, na esperança de não afundar junto. O que deve acontecer, mais cedo ou mais tarde.

Absurdo

Com a água batendo nos joelhos já tão cedo, quem chegou na conversa pode sair por falta dela. Falta de transparência faz os mais incomodados estudarem soluções para o desastre não anunciado por aqueles que não enxergam que não há eficiência onde falta meritocracia e sobra muito puxa-saco.

Malandramente

Mesmo aliado, do mesmo partido, teve deputado classificando de ‘malandragem’ a decisão do presidente Michel Temer (PMDB) de deixar para Estados e Municípios definições sobre a previdência dos servidores.

Pesquisa

O PMDB que, aliás, já tem em mãos a pesquisa quantitativa e qualitativa que deve embasar a decisão da sigla em lançar candidatos em 2018. “Ela (pesquisa) analisa todo o cenário político do partido no Estado e para todos os cargos, mas não posso dizer o resultado”, disse um peemedebista.

Off-line

A evolução digital chegou à Câmara Municipal. Mesmo quando o vereador ainda não está em plenário durante sessão, seu perfil no Facebook transmite tudo do plenário. No início da dos trabalhos as cadeiras estão vazias, mas na rede social todos se fazem presentes.

Recreio

Presidência precisou ‘tocar’ o sinal de silêncio em plenário durante apresentação do diretor-presidente da Funtrab na Câmara Municipal. Durante a fala de Wilton Acosta quase nenhum legislador estava em sua mesa, diante do barulho das conversas soltas, foi necessário pedir ordem.

Veja também

Presidente em Campo Grande O assunto da quinta-feira foi a visita do presidente Jair Bolsonaro...

Últimas notícias