Política / Bastidores

Disfarce

Quando não há buracos a serem tapados

Evelin Cáceres Publicado em 29/10/2015, às 03h03

None
icone.jpg

Quando não há buracos a serem tapados

Empresas cujos donos mudam de fachada, mas seus contratos não saem a mesa das administrações, seguem liderando faturamento do dinheiro público. A arma, que deu tão certo, se perpetua sob discursos de mudança. 

Jornal Midiamax