Nesta terça-feira (25), foi feita a assinatura de repasse das emendas parlamentares para a Alems (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul), em um valor de R$ 72 milhões. São 925 indicações e ao menos 70% do valor total deve ser repassado para a Assistência Social e Saúde em Mato Grosso do Sul.

A confirmação foi feita pelo presidente da Casa de Leis, Gerson Claro (PP). “Entre a Assistência Social e a Saúde chega a ser 70%, 80%”, disse. O parlamentar lembrou que o repasse das emendas depende que os municípios direcionem para as entidades a serem escolhidas.

“É um dinheiro que chega rápido e ajuda essas entidades que trabalham com assistência”, afirmou.

O repasse do Governo do Estado foi assinado pelo governador Eduardo Riedel (PSDB), na Alems. “Foi um desafio tanto para o Executivo como para a Assembleia Legislativa agir para que a gente pudesse chegar no dia de hoje com 925 indicações”, pontuou o governador.

“Quando a gente fala de 925 indicações, nós estamos falando de municípios, hospitais, instituições, entidades, compras, e processar tudo isso nesse prazo”, disse.

Riedel ainda afirmou que pretende liberar ao menos 80% de todas as emendas até o dia 5 de julho, colocando no caixa das instituições, das prefeituras e entidades que estiverem regularizadas.