Nesta terça-feira (19), vereadores da Câmara Municipal de Ribas do Rio Pardo, cidade distante a 95 quilômetros de Campo Grande, votam pedido de cassação do mandato do prefeito João Alfredo Danieze (Psol). A sessão será às 19h, no plenário da Casa de Leis.

A denúncia apura irregularidades na execução de obras de pavimentação asfáltica no bairro Estoril, conforme denúncia encaminhada à equipe de reportagem do jornal Midiamax. De acordo com informações do site local, Rio Pardo News, o pedido é embasado em indícios de fraudes, desvios de recursos públicos e superfaturamento, na execução de parte da obra.

Os serviços foram realizados no Parque Estoril ao custo de R$ 16,9 milhões, sob suspeita de má qualidade na execução das obras de pavimentação asfáltica. O portal detalha que a obra, que deverá custar mais de R$ 120 milhões (valor total do financiamento junto à Caixa Econômica Federal), chama a atenção pela qualidade duvidosa e, pelo possível favorecimento do poder executivo em licitações.

A reportagem acionou o chefe do executivo municipal por meios devidamente registrados, mas não obteve resposta até o fechamento deste material. No entanto, o espaço segue aberto para inclusão de posicionamento.

Já o presidente da Câmara Municipal, Luiz Antônio Fernandes Ribeiro (PSDB), o Luiz do Sindicato, que deveria prezar pela transparência no município, chegou a atender a ligação, mas ao ser comunicado do que se tratava, disse que não iria falar sobre o texto que tramita na casa e desligou o telefone repentinamente.