Morre Suely Brandão de Souza, ex-primeira dama de Campo Grande

Ex-primeira dama faleceu na manhã desta quinta-feira (8). Ela estava internada devido complicações de pneumonia
| 08/06/2023
- 11:34
Suely Brandão de Souza
Suely Brandão de Souza (Foto: Câmara Municipal)

Suely Brandão de Souza, ex-primeira dama de Campo Grande, morreu aos 79 anos na manhã desta quinta-feira (8), dia de Corpus Christi. Ela foi casada com Juvêncio César da Fonseca, ex-senador e ex-prefeito da Capital.

Segundo Vangivaldo , o óbito da mulher foi registrado às 10h50 no hospital da Unimed, onde Suely estava internada por causa de complicações de pneumonia. “Ela foi assistida por duas semanas, mas o hospital disse que não tinha mais nada a fazer. Ela faleceu rodeada pela família. Todos estávamos lá”, contou o familiar ao Jornal Midiamax.

O velório da ex-primeira dama será no Parque das Primaveras, a partir das 13:00h, e sepultamento às 16:00.

 

Falecimento de Juvêncio Fonseca

Suely faleceu quase quatro anos depois do seu esposo, o ex-senador e ex-prefeito de Campo Grande Juvêncio César da Fonseca. Homem faleceu aos 84 anos no dia 14 de dezembro de 2019 aos 84 anos após meses internado no Proncor.

Juvêncio foi eleito vereador em 1983 e em 1985, foi candidato a prefeito da Capital. Eleito, comandou a cidade por dois mandatos. Em 1998, foi eleito senador por Mato Grosso do Sul, tendo exercido o mandato até 31 de janeiro de 2007. Era formado em Direito pela universidade Cândido Mendes do Rio de Janeiro. Foi secretário estadual de Educação por 11 meses, de janeiro a novembro de 1980. 

Juvêncio César da Fonseca foi filiado ao PDT, PMDB, atual MDB, PFL, atual Democratas e estava filiado ao PSDB.

 

Veja também

Últimas notícias