Secretário é exonerado para coordenar campanha de Marquinhos ao Governo do Estado

A exoneração de Rodrigo Terra foi publicada no Diogrande desta segunda-feira
| 11/04/2022
- 09:04
Secretário é exonerado para coordenar campanha de Marquinhos ao Governo do Estado
Secretário Rodrigo Terra foi exonerado do cargo nesta segunda-feira. (Arquivo/Midiamax).

Secretário da Sidagro (Secretaria Municipal de Inovação, Desenvolvimento Econômico e Agronegócio), Rodrigo Terra, foi exonerado nesta segunda-feira (11) e deixa o cargo para coordenar a campanha do ex-prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), na disputa ao Governo do Estado de Mato Grosso do Sul.

A informação que Terra deveria deixar o cargo já havia sido revelada por Marquinhos ainda no final do mês de março, mas a exoneração foi publicada no Diogrande de hoje.

Agora, Rodrigo Terra deixa a pasta e, assim, se desvincula do Executivo municipal, para coordenar campanha do PSD, sobretudo do Marquinhos, que renunciou ao mandato para disputar as eleições de 2022 como candidato ao Governo de Mato Grosso do Sul.

Secretário havia assumido a chefia da pasta em 2021

Terra assumiu a Sidagro em 2021, quando houve reforma não só do nome da pasta, como também quando foi apresentada reforma do principal programa da secretaria, o Prodes. Anteriormente, Rodrigo era diretor-presidente da Funesp (Fundação Municipal de Esporte).

A equipe de reportagem do Midiamax tentou entrar em contato com a para informar quem seria o Secretário e secretário-adjunto da pasta, mas até o fechamento desta matéria não obteve respostas.

Anteriormente, em outras ocasiões, o Midiamax já havia questionado o então prefeito da Capital, Marquinhos, para saber quem assumiria a Secretaria com a saída de Terra, mas até então não havia nada definido. O ex- chefe do executivo apenas adiantou dizendo que seria um ‘servidor de carreira’.

Novo secretariado na Prefeitura de Campo Grande

Além de Rodrigo Terra, outros dois secretários deixaram o cargo, mas para disputarem as eleições de 2022. O ex-secretário de Finanças e Planejamento Pedro Pedrossian Neto quer disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa e concorre a deputado estadual pelo PSD. Quem assumiu a pasta é a adjunta Márcia Helena Hokoma.

Outra secretaria que teve mudanças foi a de Educação. Elza Fernandes deixou o cargo para também tentar uma cadeira de deputada estadual. Quem ficou na chefia da pasta foi Alelis Izabel de Oliveira Gomes.

Veja também

Foram cinco votos contrários ao pedido de cassação e três favoráveis

Últimas notícias