Quatro partidos ganham espaço na Assembleia de MS com mudança na janela partidária

| 04/04/2022
- 10:44
Alems realiza Fórum nos dias 26 e 27 de maio
Alems realiza Fórum nos dias 26 e 27 de maio - Arquivo

Com as mudanças durante a janela partidária que ficou aberta entre 3 de março e 2 de abril, alguns partidos ganharam representantes na (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul). São eles: PRTB, PSB, PDT e Podemos.

O PRTB tem como filiado o deputado Capitão Contar. Ele deixou o PSL, se filiou em março ao PL, partido do presidente Jair Bolsonaro, mas deixou a sigla em menos de duas semanas, para se colocar à disposição como pré-candidato ao Governo de Mato Grosso do Sul.

Podemos também ganhou uma cadeira no Legislativo, com a filiação de Rinaldo Modesto. O irmão de Rose (União Brasil) deixou o depois de 16 anos de filiação, para apoiar a pré-candidatura da irmã, ao governo estadual.

Além disso, o PDT que estava sem representante desde 2019, com a saída de Jamilson Name, volta à Casa de Leis com a filiação de Lucas de Lima, que se desfiliou do Solidariedade para tentar a reeleição neste ano.

Paulo Duarte, que assumiu como suplente em dezembro do ano passado no lugar do secretário de Governo, Eduardo Rocha, deixou o MDB e se filiou na última sexta-feira (1º), ao PSB.

Partidos sem deputados

O Solidariedade elegeu dois deputados em 2018: Herculano Borges e Lucas de Lima. O segundo secretário da Casa de Leis, Borges foi o primeiro a deixar a sigla durante a janela partidária. Com isso, a legenda não tem mais representantes na Alems.

Além disso, o PTB que antes tinha Neno Razuk, também fica sem representante. O filho da ex-prefeita de Dourados se filiou ao PL.

Já o PSD, ficou apenas com um deputado, Felipe Orro, que deixou o PSDB e se filiou ao partido comandado pelo senador Nelsinho Trad. Nas últimas eleições, a legenda elegeu Londres Machado, que deixou a legenda para ingressar no PP.

A nova composição na Casa de Leis, fica assim:

PRTB - Capitão Contar
PSD - Felipe Orro
Republicanos - Antônio Vaz e Herculano Borges
PSDB - Mara Caseiro, Marçal Filho, Zé Teixeira, Paulo Corrêa e Jamilson Name
MDB - Renato Câmara e Marcio Fernandes
PSB - Paulo Duarte
PDT - Lucas de Lima
PL - Neno Razuk, Coronel David e João Henrique Catan
PP - Evander Vendramini, Gerson Claro, Barbosinha e Londres Machado
Podemos - Rinaldo Modesto
PT - Pedro Kemp e Amarildo Cruz
Patriota - Lídio Lopes

Veja também

Apesar dos indícios de corrupção na licitação, MPMS 'dispensou' delatores que entregaram o esquema no PR; Defesa do Consórcio Guaicurus comemorou

Últimas notícias